As Primeiras Jornadas INTERACT realizadas na UTAD no passado dia 16 de novembro, iniciaram-se com uma intervenção na sessão de abertura por parte do Reitor, Prof. Fontainhas Fernandes, que deu as boas-vindas e abordou a importância da investigação na Instituição, em particular no setor agroalimentar. No seguimento falou o Prof. Pedro Melo da Direção do CITAB, que refletiu sobre a importância deste projeto para o Centro de Investigação e, finalmente, interveio o Coordenador do INTERACT, Prof. Rui Cortes, que fez uma breve resenha do Projeto de Investigação e dos objetivos a que se propõe atingir nos próximos 3 anos, que representam o seu horizonte temporal, enfatizando a necessidade de transferência dos conhecimentos para alavancar a economia local.

Seguiram-se 29 apresentações orais por parte dos bolseiros contratados, divididos pelas 3 linhas que constituem o Projeto: a Linha Inovação para Cadeias Agroalimentares Sustentáveis (ISAC), em articulação com duas outras linhas: Bioeconomia e Sustentabilidade (BEST) e Viticultura Sustentável e Produção de Vinho (VitalyWine).

As apresentações abarcaram uma elevada diversidade temática inerente ao Projeto particularmente no domínio dos recursos agroalimentares assentes na produção animal (carne e leite), vegetais, frutas, azeitonas, nozes, vinho, floresta e flora nativa, e plantas medicinais, com uma tónica grade na valorização dos sub-produtos, mas também as implicações ambientais a nível dos recursos hídricos, tratamento de efluentes e conservação do solo e, ainda, o enquadramento destas atividades em termos socioeconómicos, mais especificamente, caracterizando o perfil dos consumidores, de modo a potenciar a transferência de know-how e a permitir a colocação com sucesso dos produtos no mercado. Os desafios transversais que as mudanças climáticas podem trazer para a agricultura e floresta da região Norte não poderiam ser esquecidos e foram também objeto de análise. Em função do início do trabalho por parte dos bolseiros, foi patente que, enquanto alguns estavam em condição de apresentar resultados dos trabalhos experimentais e de campo, noutros casos, devido à recente contratação de bolseiros, foram essencialmente abordados os objetivos e a metodologia de trabalho. Não obstante, o ritmo dos oradores foi sempre muito vivo e é de realçar a qualidade global e interesse das apresentações. A presença dos orientadores foi igualmente motivante e permitiu a todos um conhecimento amplo de todas as atividades de investigação em curso num projeto tão vasto.

O encerramento da sessão, que se prolongou durante todo o dia, foi realizado pelos membros do Steering Committee do Projeto, Profs Luís Filipe Fernandes, Fernando Pacheco, Henrique Trindade e Moutinho Pereira, que refletiram sobre a profícua sessão de trabalho.