#02 Jornadas INTERACT

Sobre as #02 Jornadas INTERACT

Completado o primeiro ano do projeto INTERACT, o mês de julho de 2017 ficou marcado pela realização das II Jornadas INTERACT, nos dias 12 e 13 de julho.

A segunda edição do evento teve como objetivos a divulgação de resultados do trabalho já realizado nas várias atividades do projeto, bem como a promoção de uma maior interação com os diversos stakeholders envolvidos.

ONDE

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Vila Real

Regia Douro Park
Vila Real

QUANDO

Quarta e quinta-feira
12 e 13 de julho de 2017


Apresentações

Consulte o programa completo.


Ana Rita Ferreira | PDF
Impacts of multiple anthropogenic pressures on catchment water quality and biodiversity assessed by nested partial least squares regressions

Ana Sofia Faria | PDF
Epidemiological study and ecological modelling of the occurrence of Lyme borreliosis in the wild boar (Sus scrofa) population of the Trás-os-Montes region: methodology and preliminary results

André Fonseca | PDF
Statistical Downscalling Strategies for Very High Resolution Climatic Datasets

Bernardete Vieira | PDF
Preserving Water Resources: transference mechanisms of phosphorus and metals among soils sediments and water

Daniela Terêncio | PDF
Planning the location of sustainable rainwater harvesting systems in small watersheds for agro-forestry uses

Isilda Menezes | PDF
Mitigation and adaptation of agro-forestry systems to environmental changes: preliminary results

Leonor Ferreira | PDF
Treatment of effluents from the industrial processing of Sambucus nigra in Távora-Varosa region by photocatalysis

Margarida Nunes Pereira | PDF
Epidemiological study of leptospirosis in key wildlife species of the Trás-os-Montes region: methodology and preliminary results

Paula Pinto | PDF
Characterization and valorization of olive, wine, chestnut and almond nuts industrial by-products in the North of Portugal: toxicity, bioactivity and recovery potential evaluation

Regina Santos | PDF
Effects of damming on the aquatic community and physico-chemical parameters in the Baixo Sabor River

Susana Campos & Tiago Mucha | PDF
Sustainable choices: Getting closer producers and consumers

Teresa Enes | PDF
Evaluation of the residual agro-forestry biomass existing in the Ave and Sabor basins


Alexandre Gonçalves & Ermelinda Silva | PDF 
Olive production: Mitigation strategies and adaptation to climate changes

Alfredo Aires | PDF
Productivity-enhancing crop research in a changing environment: Nutritional and functional evaluation of the effects of cropping practices and mitigation measures

Ana Sofia Soares & Carla Miranda | PDF
Impact of different treatments on Escherichia coli and on the greenhouse gases emissions during storage of cattle slurry

Luís Lourenço Félix | PDF
Screening of plant extracts for biological activity: Focus on Lamiaceae family

Sandra Martins | PDF
Blueberries and anthocyanin: a genetic approach

Sofia Ribeiro & Mariana Dantas Almeida | PDF
Introduction of Mediterranean legume grains for animal feeding


Ana Catarina Luzio | PDF
Short-term adaptation measures as the first protection strategy against climate change impacts on grapevine physiology

Ana Luisa Taveira | PDF
Yield components and fruit and wine composition

Ana Marques Monteiro | PDF
Evaluation of the adaptative potential of grapevine varieties by the morpho-anatomical characterization of buds and inflorescences obtained under forcing conditions

Catarina Barbosa | PDF
Microbiome of Douro vineyards and its adaptive potential to dry and warm conditions

Claudia Castro | PDF
Protocol optimization for mitotic chromosome spreads of Vitis vinifera L.

Fátima Gonçalves | PDF
Effect of green cover, biochar and compost in the increment of ecosystem services provided by soil arthropods to vineyards

Irene Gouvinhas | PDF
Evaluation of winery by-products to develop optimal valorization procedures

João Paulo Coutinho | PDF
Long-term management strategies for the Douro Demarcated Region: evaluation of two varieties and two pruning systems

Luís Coutinho | PDF
Web Portal to Support and Deploy Distributed Services

Vanessa Arada de Almeida | PDF
Nitrification rates in vineyard soils

Véronique Gomes | PDF
Data driven solutions for precision viticulture – Grape and vineyard quality assessment

Conclusões

As segundas Jornadas INTERACT realizadas nos passados dias 12 e 13 de Julho, pretendeu dar visibilidade ao trabalho de cerca de 120 investigadores ao longo do primeiro ano de vida do projeto INTERACT-UTAD, o qual cobre áreas multidisciplinares, desde a socio-economia às ciências florestais, química, ecologia, geologia, biologia molecular ou ciências veterinárias.

O primeiro dia das jornadas, decorreu no auditório dos Blocos Laboratoriais da UTAD onde tiveram lugar várias apresentações, com destaque para o trabalho dos bolseiros de investigação envolvidos no projeto, na presença do Reitor da UTAD, Prof. Fontainhas Fernandes, que abordou a importância da investigação para Instituição UTAD, em particular no setor agroalimentar, cujos projetos “abrem novas portas para o futuro de uma região que continua com imensos recursos por explorar”. Por sua vez, o coordenador do projeto, Prof. Rui Cortes, destacou o projeto INTERACT-UTAD como “maior interface de investigadores de diferentes domínios”, sendo que “a grande aventura foi lançar um projeto que agrupa numerosos investigadores geralmente de costas voltadas”.

Foram 34 apresentações orais por parte dos bolseiros de investigação contratados, divididos pelas 3 linhas que constituem o Projeto: a Linha Inovação para Cadeias Agroalimentares Sustentáveis (ISAC), em articulação com duas outras linhas: Bioeconomia e Sustentabilidade (BEST) e Viticultura Sustentável e Produção de Vinho (VitalyWine).

O segundo dia dos trabalhos, teve lugar no auditório do Regia-Douro Park, mais voltado para o exterior, visando em particular os stakeholders, no propósito de que a investigação deve andar lado a lado com a transferência de conhecimento e tecnologia, em especial para o tecido empresarial, por forma a contribuir para um alavancar da economia local. Intervieram Rui Cortes, investigador responsável do projeto, Ana Barros, diretora do CITAB (um dos centros de investigação da UTAD com maior implicação no mesmo), e, de uma forma mais detalhada, os responsáveis pelas três linhas de investigação do projeto: “Inovação para Cadeias Agroalimentares Sustentáveis” (ISAC), “Bio-economia e Sustentabilidade” (BEST) e “Viticultura Sustentável e Produção de Vinho” (VitalyWine). O primeiro, Henrique Trindade, detalhou as cinco atividades que a sua linha contempla (produção animal, fruticultura, olivicultura, compostos bioativos das plantas e impactos ambientais). Seguiu-se Fernando Pacheco, responsável pela linha BEST, para expor as suas quatro tarefas: modelação de sistemas aquáticos, ecossistemas terrestres e impacto das alterações climáticas, valorização dos subprodutos agroflorestais e a bio-economia na perceção dos consumidores e agentes económicos. Por fim, o investigador Moutinho Pereira referiu-se em pormenor às cinco atividades que coordena no domínio da fileira da vinha e do vinho (biodiversidade do solo, stress das alterações climáticas, castas, vitivinicultura de precisão, valorização dos resíduos da indústria vinícola), realçando as medidas de caracter multidisciplinar em estudo para promover a sustentabilidade da vitivinicultura no atual contexto das alterações climáticas.

Ao final do primeiro ano de projeto, os resultados decorrentes das várias apresentações, abarcaram uma elevada diversidade temática inerente ao Projeto, particularmente no domínio dos recursos agroalimentares assentes na produção animal (carne e leite), vegetais, frutas, azeitonas, nozes, vinho, floresta e flora nativa, e plantas medicinais, com uma tónica grade na valorização dos sub-produtos, mas também as implicações ambientais a nível dos recursos hídricos, tratamento de efluentes e conservação do solo e, ainda, o enquadramento destas atividades em termos socioeconómicos, mais especificamente, caracterizando o perfil dos consumidores, de modo a potenciar a transferência de know-how e a permitir a colocação com sucesso dos produtos no mercado. Os desafios transversais que as mudanças climáticas podem trazer para a agricultura e floresta da região Norte não poderiam ser esquecidos e foram também objeto de análise. O ritmo dos oradores foi sempre muito vivo e é de realçar a qualidade global e interesse das apresentações. A presença dos orientadores foi igualmente motivante e permitiu a todos um conhecimento ainda mais amplo de todas as atividades de investigação em curso, num projeto tão vasto.