#02 Jornadas INTERACT

Sobre as #02 Jornadas INTERACT

Completado o primeiro ano do projeto INTERACT, o mês de julho de 2017 ficou marcado pela realização das II Jornadas INTERACT, nos dias 12 e 13 de julho.

A segunda edição do evento teve como objetivos a divulgação de resultados do trabalho já realizado nas várias atividades do projeto, bem como a promoção de uma maior interação com os diversos stakeholders envolvidos.

ONDE

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Vila Real

Regia Douro Park
Vila Real

QUANDO

Quarta e quinta-feira
12 e 13 de julho de 2017


Apresentações

Consulte o programa completo.


Ana Sofia Faria | PDF
First year milestones of the epidemiological study of the occurrence of Borrelia burgdorferi sensu lato in wild boars and parasitizing ticks of the Trás-os-Montes region

André Fonseca | PDF
Very high resolution climatic characterization of Northern Portugal and hydrological modeling

António Fernandes | PDF
Path modelling analysis of anthropogenic pressures and their environmental consequences in catchments

Carlos Amor| PDF
Winery wastewater treatment by sulfate radical oxidation processes: thermal, UV radiation and transition metal activation

Daniela Terêncio | PDF
Rainwater harvesting in catchments: can green mosaic landscapes sustain agro-forestry uses?

Isilda Menezes | PDF
Adaptations of agroforestry systems to environmental changes: outcomes and achievements of the first year

Margarida Nunes-Pereira | PDF
First year milestones of the epidemiological study of the occurrence of Leptospira interrogans in the wild fauna of the Trás-os-Montes region.

Nathalie Guimarães | PDF
Geo Data Web publishing

Paula Pinto | PDF
Chemical characterization and toxicity evaluation of aqueous extracts of Chestnut burs.

Regina Santos | PDF
Hydrologic impacts of land use changes in the Sabor River Basin: a historical view and future perspectives

Teresa Enes | PDF
Residual biomass quantification of the main forest species existing in the Ave and Sabor basins

Tiago Mucha | PDF
What drives sustainable behaviour of farmers and food consumers?


Alfredo Aires | PDF
Strategies to enhance nutritional quality and bioactive compounds in two varieties of almonds (Glorieta and Masbovera) grown under a sustainable production system

Alexandre Fradeira Gonçalves | PDF
Crop management practices in olive groves

Ana Sofia Soares | PDF
CEvaluation of the survival of E. coli and Enterococcus spp. during the storage of cattle slurry under different treatments.

Carla Miranda | PDF
Emissions of methane, nitrous oxide and carbon dioxide during the storage of cattle slurry subjected to different treatments

Luís Félix | PDF
Chemical composition, antiradicalar capacity and antiproliferative activity of extracts obtained from selected species from Lamiaceae and Asteraceae family

Miguel Ribeiro | PDF
Proteomics approach to assess the natural variability of hazelnut allergens

Sandra Martins | PDF
Analysis of differential gene expression in Blueberries

Sandra Pinto Martins | PDF
Foliar application of natural compounds in olive trees

Sofia Santos, Mariana Almeida | PDF
Chemical composition and in situ dry matter degradability of Mediterranean legume grains


Ana Catarina Luzio | PDF
Kaolin affects the physiology of grapevine and quality of berries under summer stress

Ana Luísa Taveira | PDF
Genetic analysis of the VvMybA1 berry colour gene in Touriga Nacional and Touriga Franca

Ana Monteiro | PDF
Anatomical and histological characterization of Alvarinho, Fernão-Pires, Loureiro grapevines varieties: A flower and berry study

Artur Conde | PDF
Unveiling the influence of kaolin foliar application on key molecular mechanisms associated with grape berry quality – from source leaves to sinks

Catarina Barbosa | PDF
Unveiling the influence of kaolin foliar application on key molecular mechanisms associated with grape berry quality – from source leaves to sinks

Cláudia Castro | PDF
Microbiome of Douro vineyards and its adaptive potential to dry and warm conditions

Fátima Gonçalves | PDF
Effect of soil management practices on abundance and diversity of soil arthropods in vineyards

Irene Gouvinhas | PDF
Evaluation of the phenolic profile and antioxidant activity of extracts and isolate compounds of winery by-products

João Paulo Coutinho | PDF
Viticultural strategies under a changing climate: first results of two varieties and two pruning systems in the “Douro Superior” subregion

Luís Coutinho | PDF
VData driven Web application for grape data storage and analysis

Manuela Machado | PDF
Data driven solutions for precision viticulture – Grape and vineyard quality assessment

Rui Madureira | PDF
Hyperspectral Image Preprocessing

Vanessa Almeida | PDF
Effect of temperature and moisture on mineralization and nitrification rates in vineyard soils

Conclusões

As segundas Jornadas INTERACT realizadas nos passados dias 12 e 13 de Julho, pretendeu dar visibilidade ao trabalho de cerca de 120 investigadores ao longo do primeiro ano de vida do projeto INTERACT-UTAD, o qual cobre áreas multidisciplinares, desde a socio-economia às ciências florestais, química, ecologia, geologia, biologia molecular ou ciências veterinárias.

O primeiro dia das jornadas, decorreu no auditório dos Blocos Laboratoriais da UTAD onde tiveram lugar várias apresentações, com destaque para o trabalho dos bolseiros de investigação envolvidos no projeto, na presença do Reitor da UTAD, Prof. Fontainhas Fernandes, que abordou a importância da investigação para Instituição UTAD, em particular no setor agroalimentar, cujos projetos “abrem novas portas para o futuro de uma região que continua com imensos recursos por explorar”. Por sua vez, o coordenador do projeto, Prof. Rui Cortes, destacou o projeto INTERACT-UTAD como “maior interface de investigadores de diferentes domínios”, sendo que “a grande aventura foi lançar um projeto que agrupa numerosos investigadores geralmente de costas voltadas”.

Foram 34 apresentações orais por parte dos bolseiros de investigação contratados, divididos pelas 3 linhas que constituem o Projeto: a Linha Inovação para Cadeias Agroalimentares Sustentáveis (ISAC), em articulação com duas outras linhas: Bioeconomia e Sustentabilidade (BEST) e Viticultura Sustentável e Produção de Vinho (VitalyWine).

O segundo dia dos trabalhos, teve lugar no auditório do Regia-Douro Park, mais voltado para o exterior, visando em particular os stakeholders, no propósito de que a investigação deve andar lado a lado com a transferência de conhecimento e tecnologia, em especial para o tecido empresarial, por forma a contribuir para um alavancar da economia local. Intervieram Rui Cortes, investigador responsável do projeto, Ana Barros, diretora do CITAB (um dos centros de investigação da UTAD com maior implicação no mesmo), e, de uma forma mais detalhada, os responsáveis pelas três linhas de investigação do projeto: “Inovação para Cadeias Agroalimentares Sustentáveis” (ISAC), “Bio-economia e Sustentabilidade” (BEST) e “Viticultura Sustentável e Produção de Vinho” (VitalyWine). O primeiro, Henrique Trindade, detalhou as cinco atividades que a sua linha contempla (produção animal, fruticultura, olivicultura, compostos bioativos das plantas e impactos ambientais). Seguiu-se Fernando Pacheco, responsável pela linha BEST, para expor as suas quatro tarefas: modelação de sistemas aquáticos, ecossistemas terrestres e impacto das alterações climáticas, valorização dos subprodutos agroflorestais e a bio-economia na perceção dos consumidores e agentes económicos. Por fim, o investigador Moutinho Pereira referiu-se em pormenor às cinco atividades que coordena no domínio da fileira da vinha e do vinho (biodiversidade do solo, stress das alterações climáticas, castas, vitivinicultura de precisão, valorização dos resíduos da indústria vinícola), realçando as medidas de caracter multidisciplinar em estudo para promover a sustentabilidade da vitivinicultura no atual contexto das alterações climáticas.

Ao final do primeiro ano de projeto, os resultados decorrentes das várias apresentações, abarcaram uma elevada diversidade temática inerente ao Projeto, particularmente no domínio dos recursos agroalimentares assentes na produção animal (carne e leite), vegetais, frutas, azeitonas, nozes, vinho, floresta e flora nativa, e plantas medicinais, com uma tónica grade na valorização dos sub-produtos, mas também as implicações ambientais a nível dos recursos hídricos, tratamento de efluentes e conservação do solo e, ainda, o enquadramento destas atividades em termos socioeconómicos, mais especificamente, caracterizando o perfil dos consumidores, de modo a potenciar a transferência de know-how e a permitir a colocação com sucesso dos produtos no mercado. Os desafios transversais que as mudanças climáticas podem trazer para a agricultura e floresta da região Norte não poderiam ser esquecidos e foram também objeto de análise. O ritmo dos oradores foi sempre muito vivo e é de realçar a qualidade global e interesse das apresentações. A presença dos orientadores foi igualmente motivante e permitiu a todos um conhecimento ainda mais amplo de todas as atividades de investigação em curso, num projeto tão vasto.

INFO: Devido a atualizações de conteúdo, o tempo de carregamento do site será superior ao normal.